Edição 278
DESTAQUE

Nossos visitantes extraterrestres vêm de planetas distantes

Por
28 de Mar de 2020
O real motivo de certos fatos ufológicos nos parece uma incógnita que, relacionada a certos episódios correlatos, pode ser deduzida
Créditos: LUCA OLEASTRI

O real motivo de certos fatos ufológicos às vezes nos parece uma incógnita que, relacionada a certos episódios correlatos, pode ser deduzida e a interpretação sucessiva das ocorrências nos sugere relativo acerto. Este é o caso que vamos observar aqui, envolvendo nave e seres alienígenas em contato com uma costureira da cidade de Pedro Leopoldo, no interior de Minas Gerais, cujo evento foi levado ao conhecimento do falecido médium mineiro Francisco Cândido Xavier para sua prestigiosa assistência.

Tive a oportunidade de falar sobre os testemunhos e contatos ufológicos de Chico Xavier em alguns capítulos do meu livro Arquivo Extraterreno [Lúmen Editoria, 2012]. Há muito tempo se sabe que o saudoso médium começara cedo a ter informes sobre a existência de vida em outros mundos. De certa maneira, tal fato aumentou a minha curiosidade em conhecer suas experiências no campo da Ufologia. Então realizei extensa pesquisa literária e investigação prática com pessoas do seu círculo de amizade para conhecer a fundo tais casos e apresentá-los ao público com predicados de valor.

Certa feita, após a publicação de um dos textos a respeito na edição 231 da Revista UFO [Agora disponível na íntegra em www.ufo.com.br], ao abrir depois minha caixa de correios, havia nela uma mensagem intrigante Em linhas gerais, o leitor dizia que tivera “grande surpresa ao ler o artigo na UFO sobre os contatos de Chico Xavier com seres extraterrestres”. Em seguida, havia na sua redação um informe importante: “A senhora, referida no seu texto como a costureira de Pedro Leopoldo que teve contato com o comandante da nave, é uma querida amiga”. O remetente prosseguiu contando que há anos, mais exatamente em 2002, ele com sua esposa, amigos e familiares tiveram experiências marcantes com o Fenômeno UFO nos arredores de Uberlândia e, depois, em Brasília, onde mora. Então, acrescentou: “O meu encontro com dona Satika deu-se após algumas dessas experiências”. Na verdade, seu nome é Elisa, porém mais conhecida como Satika.

“Orientação do comandante”

O Caso Costureira de Pedro Leopoldo, como logo ficou conhecido, apresenta detalhes interessantes e o remetente considerou que sua informação poderia trazer alguma clareza a certos assuntos, em especial quanto ao comandante da nave, sobre o qual ainda paira grande polêmica. Falou-nos que dona Satika “conheceu bem Chico Xavier e mudou-se de Pedro Leopoldo por orientação do próprio comandante da nave, conforme lhe dissera o médium mineiro”.

Nogueira, autor do comunicado, afirmou que se houvesse interesse em conhecê-la ele próprio poderia contribuir ajudando a realizar o encontro. Claro que havia interesse e seguir em frente. Para minha satisfação, tive o prazer de falar com pessoas maravilhosas na apuração desse caso. No comunicado, Nogueira deixara transparecer algumas de suas qualidades pessoais, dentre as quais sua capacidade de escrever explicando bem os fatos. Foi com satisfação que recebi seu e-mail e trocamos depois outras correspondências.

TODO O CONTEÚDO DESTA EDIÇÃO ESTARÁ DISPONÍVEL NO SITE 60 DIAS APÓS A MESMA SER RECOLHIDA DAS BANCAS

Miscigenação com aliens

Já está no ar a Edição 278 da Revista UFO. Aproveite!

Mar de 2020

Fomos visitados