Edição 214
DESTAQUE

Miriam Delicado: uma vida de contatos com ?eles?

Por
01 de Aug de 2014
Créditos: JOVANI R MEDEIROS

A ciência afirma que nossa espécie é fruto da evolução natural e que nos originamos de uma raça de símios que, por qualquer razão desconhecida, se diferenciou de seus pares. A Ufologia está cheia de relatos de testemunhas que afirmam que não evoluímos de nada, mas que fomos feitos assim como somos por raças extraterrestres. Alguns autores dizem que somos frutos de uma mistura genética, outros que fomos totalmente fabricados e há aqueles ainda que afirmam que fomos transplantados para a Terra, uma vez que já existiríamos em outros mundos.

A história da canadense Miriam Delicado é extraordinária. Em 1988 ela havia se mudado de uma pequena cidade no interior do Canadá para Vancouver, na Costa Oeste, e em um final de semana, ao retornar de uma viagem a sua antiga cidade, sua vida mudou. No carro em que viajava estavam, além dela, três amigos também adultos e uma criança, e durante horas o automóvel foi acompanhado por luzes que todos pensaram que fossem de algum caminhão — quando entravam em alguma cidade ou passavam por outro carro, as luzes sumiam, voltando a aparecer depois. Aquela experiência seria a primeira e mudou Miriam para sempre.


Conhecimento cósmico

Ela contou em sua palestra de encerramento no Fórum Mundial de Contatados, intitulada Restabelecendo o Conhecimento Cósmico dos Povos Nativos das Américas, que em determinado ponto ela pediu para a amiga que dirigia parar o automóvel, e que a moça o fez, desmaiando em seguida. Naquele momento, alguns seres pequenos, com cabeças grandes e olhos redondos e escuros, se aproximaram e ela simplesmente soube que deveria acompanhá-los. No carro, todas as pessoas seguiam dormindo, mas a contatada desceu e seguiu os pequenos alienígenas até um barranco, sobre o qual havia uma nave pousada. Um ser alto, louro e de olhos azuis e sua companheira a esperavam e a levaram para dentro do objeto, onde ela permaneceu por três horas seguidas.

As guerras não terminam e nossa evolução parece se dar apenas pelo viés tecnológico. E pergunta: o que nos aguarda e que futuro podemos esperar? Estaria nossa salvação ligada aos seres que nos criaram?

Miriam diz que eles compartilharam com ela informações sobre a criação da espécie humana e sobre futuros potenciais para nosso planeta. Também lhe disseram que somos o quarto mundo que eles formaram e que havia, entre nós, pessoas trazidas do terceiro, que eram sumamente importantes para nosso futuro — tais pessoas, ela teria descoberto depois, seriam, entre outras, membros da tribo dos índios norte-americanos hopi. Foi pedido a ela, na ocasião, que se mantivesse discreta em relação ao que sabia, até que eles lhe dissessem para contar sua história. Miriam compartilhou com o público do evento, pela primeira vez, os desenhos que fez de sua experiência.

“Despertando de um sonho”

Desde 2007 ela passou a difundir as supostas mensagens que recebera dos extraterrestres com um número crescente de pessoas em todo o mundo. Suas comunicações afirmam, entre outras coisas, que os “Grandes Ancestrais” — como chama seus contatantes, seres altos e louros — seriam o povo que cuidou da espécie humana ao longo dos últimos milhares de anos. As nossas culturas antigas teriam, portanto, interagido com a de outros mundos e raças. Os índios norte e sul-americanos e povos autóctones africanos também teriam tido contato com alienígenas de diferentes procedências no passado distante.
Causando comoção na plateia do Fórum em sua palestra, Miriam afirmou que “temos que buscar estruturas equilibradas em nosso mundo nas áreas políticas, sociais, econômicas, ambientais e espirituais. Este despertar nos permite honrar, respeitar e reconhecer toda a vida, não só neste planeta, mas em todos os outros. Agora é a hora de lembrar quem somos e qual é nosso propósito na Terra. Estamos despertando de um sonho e entrando em uma realidade na qual não estamos sozinhos — estamos, sim, interligados a um sistema de vida que está além da nossa imaginação”.

Uma infinidade de mundos alienígenas

Já está no ar a Edição 214 da Revista UFO. Aproveite!

Aug de 2014

Fomos visitados