ARTIGO

Manipulação da luz: o grande segredo da tecnologia dos UFOs

Por Bill Chalker | Edição 267 | 09 de Abril de 2019

Alguns UFOs são espetacularmente brilhantes e apresentam cores vibrantes e diversas
Créditos: UFO PHOTO ARCHIVES

Manipulação da luz: o grande segredo da tecnologia dos UFOs

A luz e todas as suas manifestações extraordinárias impregnam a sociedade moderna por meio de uma enorme variedade de manifestações. O controle da luz, inicialmente feito por meio de tochas, permitiu à espécie humana a capacidade de enxergar e se deslocar no escuro e alavancou nossa evolução. Naturalmente, estamos falando sobre as luzes feitas pelo homem. Porém, também nos fascinam outras luzes, verdadeiramente exóticas e misteriosas, e suas interações conosco.

Uma instigante característica do Fenômeno UFO é a variedade de formas com que interage e manipula a luz. Até onde sabemos, com base nos relatos de testemunhas, os objetos e seus ocupantes parecem ter a capacidade de tratar a luz da mesma forma como tratamos a matéria, tornando-a plástica e controlada, e usando-a para uma série de propósitos, que nos são impossíveis de conceber.

Nada impede, porém, que haja toda uma gama de tecnologias baseadas nas propriedades da luz, e que os alienígenas as utilizem para toda a sorte de atividades, desde canalizá-la até usá-la como meio de transporte, de atração, de cura etc. Um exemplo de como os UFOs interagem com a luz é apresentado no estranho Caso de Burkes Flat, também conhecido como o “caso dos faróis de feixes curvados”, que ocorreu na zona rural do condado de Victoria, em 1966, na Austrália.

Uma estranha luz no campo

O Caso de Burkes Flat envolve a relatada curvatura dos feixes do farol de um carro e deixou um traço físico relacionado. Uma fatalidade ocorrida com outro automóvel no mesmo ponto da estrada tem sido relacionada com o incidente do UFO no local. Se, em termos científicos, uma observação deve ser aceita como registrada, nesse caso temos uma experiência que aparentemente desafia as leis da física — pelo menos o quanto nós as entendemos em nossa humilde parte do universo.

Tudo começou por volta das 20h00, de 04 de abril de 1966, quando Ron Sullivan, um empresário do ramo de aço para construção da cidade de Maryborough, estava viajando em um estreito trecho reto da estrada que liga as localidades de Dunolly e Saint Arnaud, próximo de Burkes Flat, no interior do condado de Victoria. Em frente, em um campo à sua direita, Sullivan observou uma luz incomum.

TODO O CONTEÚDO DESTA EDIÇÃO ESTARÁ DISPONÍVEL NO SITE 60 DIAS APÓS A MESMA SER RECOLHIDA DAS BANCAS

Para continuar lendo este artigo, você deve se cadastrar no Portal UFO. O cadastramento é gratuito e dá acesso a todo o conteúdo do site.

Login

Compartilhe esse artigo:

Sobre o Autor

Bill Chalker

Comentários

UPDATED CACHE