Edição 262
DESTAQUE

Experiências fora do corpo e presença extraterrestre

Por
12 de Nov de 2018
Paralisias antecedem saídas do corpo. Se uma pessoa ficar quieta, relaxar e pensar em flutuar, ela se sente sendo projetada para fora do corpo, como balão
Créditos: USA TODAY

A prática da projeção extrafísica não está ligada somente às abduções, mas às pessoas que passam pela experiência não raramente relatam ocasiões nas quais sua consciência, ao deixar o corpo, alcança distâncias inimagináveis para nós, como o espaço sideral. Essas viagens muito especiais — chamadas exoprojeções — costumam vir em alguns casos acompanhadas de contatos com inteligências de fora da Terra.

Uma dessas incríveis experiências foi vivida pelo entrevistado desta edição da Revista UFO, Wagner Borges, que a relatou em diversas entrevistas e palestras. Mais do que um contato com extraterrestres, o episódio experimentado pelo pesquisador nos dá uma pequena, porém significativa, amostra da diversidade e qualidade das inteligências que habitam o universo, as quais a maioria de nós sequer sonha que exista.
Experiência e lição

Segundo narrou o pesquisador em uma entrevista para o Jornal dos Espíritos, em 2007, durante uma de suas muitas saídas do corpo ele se viu fora da Terra, em pleno espaço. “Havia um guia espiritual chinês comigo, um mentor, e à nossa frente víamos uma série de focos de luz imensos. Eu sabia, por intuição, que cada foco de luz daquele era um espírito superior de algum outro orbe, que não mantinha mais uma forma humanoide de perispírito ou corpo astral”, contou Borges.

De repente, um daqueles seres se aproximou dele e de seu mentor. O ser, que se mostrava como um foco de luz, tinha cerca de três metros e entrou na mente do pesquisador, como se a estivesse escaneando. “Em um segundo, ele sabia tudo sobre mim, nesta existência e em todas as outras, e tudo em um segundo. Isso dá uma ideia, do tipo de ser que estava em minha frente”.

“Defeito escondido”

Diz Borges: “Sentia que ele conhecia tudo de mim — até o defeito mais escondido —, mas não condenava nada, era pura compreensão e amor, pura serenidade”. De repente, o tal ser começou a descarregar uma série de informações dentro da mente do pesquisador. “Eram tantas que eu não conseguia segurar. A entidade luminosa percebeu e, mentalmente, se comunicou com o guia chinês, informando que eu não estava entendendo e que ele ia tentar de novo”, explicou o entrevistado.

TODO O CONTEÚDO DESTA EDIÇÃO ESTARÁ DISPONÍVEL NO SITE 60 DIAS APÓS A MESMA SER RECOLHIDA DAS BANCAS

As abduções que ocorrem em família

Já está no ar a Edição 262 da Revista UFO. Aproveite!

Nov de 2018

Fomos visitados