ARTIGO

Budd Hopkins se apresenta em Curitiba

Por Eustáquio Patounas | Edição 59 | 01 de Junho de 1998

Cury: organização é a chave para o sucesso
Créditos: ARQUIVO UFO

Budd Hopkins se apresenta em Curitiba

Os brasileiros mais uma vez tiveram o privilégio de receber a visita de uma personalidade mundialmente conhecida por sua competência. Budd Hopkins participou da 6ª Conferência Internacional de Ufologia, realizada no início do mês de maio, e promovida pelo Núcleo de Pesquisas Ufológicas (NPU), com o apoio da Revista UFO. O seqüestro de seres humanos por interplanetários, com finalidades e resultados cada vez mais surpreendentes, inclusive a gravidez de mulheres, é um dos aspectos mais excitantes da Ufologia.

Para Budd Hopkins, pesquisador de mais de mil casos de abdução, esta é a mais importante categoria de fenômenos dentro da Ufologia. O caso mais famoso pesquisado por Hopkins é o de Linda Cortile, que levitou por uma janela de seu apartamento situado no 12° andar de um prédio em Manhattan, Nova York, até um disco voador que pairava sobre o edifício, acompanhada por três seres extraterrestres. Uma testemunha ocular do fato foi nada mais nada menos que o ex-secretário geral da ONU Javier Peres Cuellar, além de alguns outros, entre os quais dois policiais. De acordo com Hopkins, o aparecimento de objetos voadores não identificados é o fato mais importante do momento para a Humanidade, apesar do ceticismo que o cerca.

"Temos que estar abertos para as evidências", alerta Hopkins. "A pesquisa depende, porém, de compreender conceitos não newtonianos como, por exemplo, a não separação de fatos físicos e metafísicos. Para Leonardo Da Vinci a televisão seria um fenômeno absolutamente metafísico", disse, usando a metáfora mais uma vez para demonstrar que os fatos podem ser diferentes de como são apresentados pela ciência oficial. Em suas pesquisas, Hopkins sempre é assessorado por um especialista em radares, um em fotografia e outro em parapsicologia. "O difícil é conseguir que eles se entendam entre si, pois falam linguagens diferentes", diz o pesquisador. Outras personalidades reconhecidas participaram do evento, tais como o espanhol Javier Sierra, que abordou a casuística em seu país.

O chileno Rodrigo Fuenzalida disse que pela primeira vez um governo reconheceu oficialmente a ocorrência de um fato ufológico. Em março do ano passado, o chefe do Aeroporto de Chacalluta, na cidade de Arica, Chile, viu um UFO sobre o mar, durante duas horas. Em dezembro, nova aparição a 400 quilômetros ao sul, em Punta Arenas, durante três dias seguidos e testemunhados por ufólogos e funcionários governamentais.

Fatos inéditos -
O russo Boris Shurinov, maior autoridade no assunto em seu país, falou sobre a rica casuística da Rússia e trouxe muitas evidências da presença alienígena na Terra. O piloto civil americano James Courant revelou fatos inéditos e ilustrou sua conferência com diversos recursos audiovisuais. Entre os brasileiros, Claudeir Covo e Ricardo Varela abordaram o fantástico caso da sonda em Capão Redondo. O carioca Marco Antonio Petit falou sobre a Operação Prato, mostrando que as autoridades brasileiras tinham interesse na pesquisa ufológica. Rafael Cury, organizador do evento, trouxe novas evidências sobre a presença extraterrestre. Ana Santos e Ademar Eugênio de Mello encantaram o público presente com sua simpatia, espiritualismo e profundo conhecimento do tema.

Emmanuel Sanchez falou sobre sua experiência nas comunidades, além de comentar sobre seu livro recém lançado. O psiquiatra Ernesto Bono conseguiu prender a atenção da platéia ao falar de sua última obra literária O Apocalipse Desmascarado, que apesar de polêmica conseguiu uma grande ovação final. A. J. Gevaerd falou sobre o Congresso de San Marino, as visitas que fez à casa de Giorgio Bongiovanni em Porto Sant Elpídio, na Itália, ao contatado Edward "Billy" Meier, na Suíça, e a Sixto Paz Wells, no Peru, visitas estas ilustradas por uma riquíssima coletânea de slides. Esses quatro proveitosos dias marcaram mais um ponto a favor da Ufologia Brasileira, atentamente acompanhada pelos conferencistas internacionais.

Para continuar lendo este artigo, você deve se cadastrar no Portal UFO. O cadastramento é gratuito e dá acesso a todo o conteúdo do site.

Login

Compartilhe esse artigo:

Sobre o Autor

Eustáquio Patounas

É presidente da Sociedade de Estudos Extraterrestres (SOCEX) e coordenador de listas na internet da UFO

Comentários