Revista UFO - Portal da Ufologia Brasileira - A mais antiga revista sobre discos voadores do mundo

ARTIGO

Por David E. Jacobs, Ph.D.

A seriedade e complexidade das abduções alienígenas

Os abduzidos estão traindo a confiança de seus raptores e eles não gostam disso — eles fazem de tudo para que suas memórias não sejam lembradas.

Categoria: ABDUÇÕES | CIÊNCIA | PESQUISA | REFLEXÕES

O primeiro caso moderno de abdução que conhecemos ocorreu no Brasil, em 1957. O jovem sequestrado, Antônio Villas-Boas, declarou, entre outras coisas, que fora instigado a manter relações sexuais com uma estranha alienígena de aparência não humana. Alguns anos depois, em 1961, ocorreu o Caso Betty e Barney Hill, o primeiro conhecido nos Estados Unidos e talvez o mais famoso mundialmente. Nele, o casal relatou que procedimentos de cunho reprodutivo foram conduzidos em ambos — esperma foi retirado de Barney e Betty teve uma agulha introduzida em seu umbigo. Na ocasião, ela imaginou que aquilo fosse algum teste de gravidez.

O fato é que, desde que começamos a tomar conhecimento das abduções, as pessoas têm relatado sempre as mesmas coisas e de forma consistente. Mesmo assim, décadas se passaram até que os pesquisadores entendessem que o fenômeno segue uma conduta específica. E é justamente o fato de haver essa coerência entre os milhares de raptos e testemunhos que torna o fenômeno da abdução único, simplesmente porque não há grandes discrepâncias no método adotado e nem no relato das vítimas. Sem essa combinação, praticamente não haveria motivos para que se estudassem as abduções, porque todos os testemunhos seriam idiossincráticos, variando de acordo com a vida e educação de cada pessoa. Mas não é isso o que acontece.

Entendendo o fenômeno

A abdução é um fenômeno que ocorre em todas as linhas raciais, educacionais, financeiras, políticas, de nacionalidade, de gênero e de religião. Se relatar esses eventos faz o abduzido parecer mentalmente instável, então se poderia alegar que as pessoas foram, de alguma forma, influenciadas psicologicamente. Mas há outras evidências que também caracterizam o fenômeno. Quando elas são levadas, desaparecem de seu ambiente e familiares e amigos começam a procurar por elas — crianças procuram pelos pais e pais pelos filhos. Há pessoas que veem outras sendo levadas e quando há abduções em grupo as pessoas confirmam os relatos umas das outras.

Quando retornam, as testemunhas normalmente apresentam marcas, cortes, queimaduras e pontos vermelhos incomuns. Às vezes voltam com cortes já cicatrizados que não existiam antes e, em algumas ocasiões, sem as joias e relógios que usavam quando desapareceram. Se são devolvidos em seus quartos, muitas vezes seus pijamas estão vestidos ou abotoados de maneira incorreta e muitos abduzidos são colocados de cabeça para baixo ou nos pés da cama. Também há casos em que as testemunhas voltam usando roupas que não são suas.

Quando os abduzidos se propõem a examinar suas experiências, passam a compreender como todo o assunto parece uma loucura.

Atenção
Para continuar lendo este artigo, você deve se cadastrar no Portal UFO.
O cadastramento é gratuito e dá acesso a todo o conteúdo do site. Basta clicar aqui.
Caso já tenha cadastro, conecte-se na home do site ou clique aqui.
ENQUETE
  GENIAIS.COM   
Edição 254
Sumário Edições anteriores

CENTRAL DE ATENDIMENTO

(67) 3341-8231
Horário: das 09h00 às 18h00, de segunda a sexta (exceto feriados)

FORMAS DE PAGAMENTO

Formas de pagamento

NOTÍCIAS MAIS VISUALIZADAS

+ NOTÍCIAS
2011 © Editora Evolução Ltda.
Todos os direitos reservados. Termos de Uso. Declaração de privacidade.