Edição 148
DESTAQUE

A Inglaterra finalmente aceita os UFOs

Por
01 de Dec de 2008
O McDonnell Douglas MD80 da Alitalia, idêntico ao que quase colidiu com um UFO na Inglaterra
Créditos: luftfahrt

Seguindo o exemplo da França, que no ano passado publicou na internet mais de 100 mil páginas de documentossecretos sobre discos voadores, agora a Inglaterra admitiu que formas de vida inteligentes de origem extraterrestre estão visitando nosso planeta. O Ministério da Defesa inglês (MoD) retirou a classificação de ultra-secretode vários arquivos cunhados nas últimas décadas, que registram encontros entre UFOs e aeronaves civis e militares. Isto já era esperado pelos estudiosos. Naturalmente, a atitude contraria interesses dos Estados Unidos, que há décadas mantêm ativa uma política de acobertamento do tema.

Ufólogos brasileiros pedem ao Governo que faça o mesmo desde 2004. Em março daquele ano, a Comissão Brasileira de Ufólogos (CBU) lançou a campanha UFOs: Liberdade de Informação Já, pedindo formalmente que nossas autoridades abram sua caixa preta sobre o assunto. O movimento conseguiu 70 mil adesões ao seu abaixo assinado e, em 20 de maio de 2005, os ufólogos foram recebidos oficialmente, pela primeira vez, pelos militares da Aeronáutica, nas dependências do Cindacta e do Comdabra, em Brasília, onde puderam examinar – mas não copiar – cerca de 300 páginas e 200 fotos de UFOs feitas no país, em especial na Amazônia, durante a Operação Prato, de 1977 [Veja edições UFO 114 a 117].

Um dos arquivos liberados pelos ingleses contém a revelação de que um caça F86 Sabre, da Força Aérea Norte-Americana (USAF), recebeu ordem para atirar contra um objeto voador não identificado no espaço aéreo britânico.Mas o piloto,o tenente Milton Torres, perdeu contato com o UFO, que se esvaiu do local a 12 mil km/h. De acordo com ele, oartefato tinha o tamanho de um porta-aviões. “O blip do radar estavareluzindo comincrível intensidade. Era similar a um blip que havia recebido de aeronaves B52 e parecia um imã de luz. Tinha as proporções de um porta-aviões”, disse Torres. Ele havia decolado da Base da Força Aérea Real, em Kent, erecebeu ordens para derrubar o intruso, fato agora admitido oficialmente pelas autoridades inglesas.

“Eu nunca me esquecerei do que ocorreu eespero uma explicação das autoridades. Eu estava pronto para abrir fogo com 24 mísseis, e teria sido como um tiro de fragmentos de uma escopeta. Pedi confirmação da ordem para atirar e a recebi”, afirmou Torres. Há casos semelhantes também no Brasil que, tal como vinha acontecendo na Inglaterra, continuam secretos. Igualmente, também no Chile há ocorrências análogas, já admitidas pelos militares daquele país, que reconhecem o Fenômeno UFO oficialmente desde 1997. Lá, até mesmo integrantes do Exército já declararam que os discos voadores são um perigo para a aviação, como o capitão e aviador Rodrigo Bravo [Veja edição UFO 133].

Quase colisão com um UFO

Há ainda outros casos interessantes nos arquivos secretos britânicos agora liberados, como o registro de uma quase colisão aérea a 7.300 m de altura, ocorrido em 21 de abril de 1991. Na ocasião, um avião MD80 da companhia italiana Alitalia fazendo o vôo AZ84, de Milão a Londres, com 57 pessoas a bordo, quase colidiu com umUFO enquanto se aproximava para aterrissar no Aeroporto de Heathrow, na capital inglesa.O comandante Achille Zaghetti foi o primeiro a observar o objeto, que estava a cerca de 300 m acima de sua aeronave, e chegou a gritar assustado ao co-piloto. Era um artefato de cor marrom e tinha a forma de um míssil.

O fato ocorreu no condado de Kent, no sudeste da Inglaterra, e foi investigado pela Autoridade de Aviação Civil e pelos militares do país. O Ministério da Defesa decidiu encerrar o caso como assunto não resolvido, após chegar à conclusão de que nem um míssil, nem um globo meteorológico ou um foguete poderia ter sido o causador da quase tragédia. Felizmente, nada de mais grave ocorreu e o UFO desapareceu completamente pouco antes do impacto. Espera-se, agora, que o Governo Brasileiro também revele o que mantém em seus arquivos secretos.

Um cenário sombrio para o futuro da humanidade?

Já está no ar a Edição 148 da Revista UFO. Aproveite!

Dec de 2008

Fomos visitados