NOTÍCIA

Parte do Memorial do ET de Varginha é cedido para a Polícia Militar de Minas Gerais

Por Mel Polidori | 09 de Agosto de 2018

Memorial do ET de Varginha
Créditos: ASSCOM

Parte do Memorial do ET de Varginha é cedido para a Polícia Militar de Minas Gerais

A Prefeitura de Varginha (MG) cedeu parte do Memorial do ET para a Polícia Militar de Minas Gerais (PMMG). A medida foi anunciada na tarde desta quarta-feira (8), pelo prefeito Antônio Silva. O acordo é ceder a parte inferior do memorial, onde há bases já instaladas, para a montagem de um Ponto de Apoio Policial em busca de aumentar a segurança na região.  Segundo a prefeitura de Varginha, ainda não foi definido o que será feito com o restante do espaço. 

A obra, que já teve um investimento de mais de R$ 1 milhão, foi anunciada em 2008 como uma maneira de resgatar e preservar a história do ET de Varginha e deveria se tornar uma espécie de museu da ufologia, visto que, Varginha se tornou conhecida no mundo todo pelo caso. Embora a obra tenha iniciado em 2010, nestes últimos anos passou por diversos problemas, como a empresa responsável ter falido e os prazos de entrega, constantemente adiados. No entanto, neste ano, a construção foi praticamente concluída, com a instalação também de cercas ao redor do local para frear o vandalismo que se instaurou. Ainda, recentemente se descobriu que, devido aos materiais utilizados na obra, o calor dentro das instalações é insuportável, o que geraria um gasto a mais com instalações de ar condicionado no prédio.

Varginha perde de atrair visitantes e preservar algo que já faz parte da sua história. Com o memorial, o local se tornaria referência para visitantes e pesquisadores do caso, o debate continuaria, outras pessoas se disporiam a estudá-lo e outras testemunhas resolveriam falar, como aconteceu em Roswell, com museus e diversos locais alusivos à queda. A cidade já havia perdido a oportunidade histórica de entrar no mapa da ufologia mundial em 1997, quando o caso estava na mídia do mundo inteiro e houve uma reunião de comerciantes em Roswell - temerosos de que a cidade perdesse o posto para Varginha, fizeram uma mobilização gigantesca próxima ao evento comemorativo dos 50 anos da Queda de Roswell. De certo modo, não se imaginava outro desfecho para o Memorial, visto que, marcos históricos, monumentos e museus não costumam receber a devida atenção em nosso país.

A grande ironia é que a PMMG participou ativamente de todo o processo de acobertamento do caso do ET de Varginha. Justo a polícia militar, que foi responsável pela captura de uma das criaturas, é a ocupante do Memorial do ET. Vale lembrar que o soldado da Inteligência da PM Marco Eli Chereze, faleceu poucos dias após pegar, com as próprias mãos, uma das criaturas, no Hospital Regional de Varginha, reforçando a imperícia da PM no quesito segurança no Caso Varginha.

Agora a PM assume o front da ufologia em Varginha, tomando posse também do Memorial. Infelizmente, este é mais um exemplo de desperdício de dinheiro público e da ignorância das autoridades ao lidar com a temática ufológica, usando, mais uma vez, o pretexto da suposta segurança pública.

 

Veja um pouco da história do Memorial do ET em Varginha aqui:

Veja também:

A Revista UFO divulga a Carta de Varginha, pela abertura do maior caso brasileiro

Cineasta norte-americano vai expor como o Caso Varginha é visto internacionalmente

Métodos de pesquisa apurados serão discutidos em grande evento da Revista UFO em Varginha

As descobertas da ciência aplicadas à Ufologia serão discutidas em Varginha

Campanha Temos o Direito de Saber será um dos destaques de grande evento em Varginha

Saiba mais:

Livro: Varginha: Toda a Verdade Revelada

Varginha: Toda a Verdade Revelada


DVD: A Política de Acobertamento

Compartilhe essa notícia:

Saiba mais sobre este assunto na edição 259 da revista

Comentários