CAPA

Não é somente aqui na Terra

Revista UFO | Edição 212 | 01 de Junho de 2014

SHARE

IMPRENSA UFOLÓGICA

O Que a Mídia Fala dos Discos Voadores

Terra Vigiada
Robert Hastings
Biblioteca UFO, 2013

Ao considerar a vasta bibliografia ufológica, observamos que não são muitas as obras que tratam da relação de discos voadores com bases militares — quanto mais a ação dos UFOs nos destacamentos que lidam com armas nucleares. Terra Vigiada preenche uma lacuna importante, dando voz aos oficiais de vários países, especialmente dos Estados Unidos, que presenciaram a visita de objetos não identificados claramente guiados por algum tipo de inteligência, monitorando e até interferindo nos programas bélicos das grandes potências. Entre as décadas de 40 e 70, época em que se concentram as histórias contadas, houve uma profusão de avistamentos desses aparelhos nos centros de produção de armas nucleares, além de interferência nos silos e nos lançamentos de foguetes capacitados a levar ogivas atômicas, por meio de um sistema de “desligamento remoto” delas por força desconhecida, ou até mesmo pela destruição física dos foguetes e mísseis.


Inúmeros desses relatos saíram de aproximadamente 80 entrevistas que o autor, Robert Hastings, fez com militares da Força Aérea Norte-Americana (USAF) desde 1973 até 2009, incluindo o coronel Charles Halt, protagonista do famoso Caso Bentwaters, ocorrido em 1980 em uma base norte-americana situada na localidade de Suffolk, Inglaterra [Veja edição UFO 210, agora disponível na íntegra em ufo.com.br]. Em 27 de dezembro daquele ano, um artefato pousou dentro da área da base e o coronel Halt, acompanhado de dois militares, ficou muito próximo dele antes da suposta nave desaparecer. O episódio é considerado um dos mais importantes da Ufologia Mundial.

Segundo Hastings, que é um dois mais reconhecidos ufólogos dos Estados Unidos, há uma estreita ligação entre o desenvolvimento de armas nucleares no planeta, desde os anos 40, e avistamentos de discos voadores. Sejam quem forem as inteligências que visitam estas bases militares, elas estariam nos observando bem de perto com algum propósito. Mas qual? “Não condeno nenhuma agência governamental específica pelo acobertamento, mas creio que o público merece saber a verdade”, afirma Hastings em sua obra, que acaba de sair no Brasil pela coleção Biblioteca UFO, da Revista UFO. Terra Vigiada é um livro que apresenta um grande número de detalhes e é ideal para quem deseja se aprofundar nas intenções destas inteligências cósmicas que nos vigiam tão detidamente [A obra é o código LIT-025 da Livraria UFO: ufo.com.br].

A Ameaça
David M. Jacobs
Editora Rosa dos Tempos, 2002

Quem são os alienígenas? Quais são suas intenções? Devemos ser otimistas ou temerosos quanto à sua presença na Terra? Se partirmos do pressuposto de que muitas civilizações nos visitam, A Ameaça tem hipóteses sofisticadamente elaboradas para responder às perguntas acima para pelo menos uma das espécies: os grays [Cinzas]. Jacobs elabora a teoria de que grays abduzem homens e mulheres com finalidades genéticas. Esses seres, a partir da junção do nosso material reprodutivo e do deles, criariam seres híbridos no intuito de ajudar a minimizar as grandes diferenças que temos com eles em todos os sentidos.

O autor baseia sua teoria em relatos de mulheres que seriam abduzidas, engravidadas por meio de inseminação artificial e que teriam carregado fetos híbridos até certo andar da gestação, para enfim ter os embriões retirados de suas barrigas para completarem o período gestativo em locais especificamente desenvolvidos para tal. Certamente, este é um assunto muito polêmico, mas Jacobs é enfático em sua tese. Fica uma pergunta no ar: por que os grays fariam isso? Qual seria a fase final do plano? A surpreendente resposta está neste livro.


Grande Ofertas Exclusivas da Revista UFO