CAPA

Trajetória que coincide com a da nossa Ufologia

Revista UFO | Edição 201 | 01 de Junho de 2013

SHARE

EDITORIAL

UFO também proporciona qualidade aos eventos ufológicos realizados no país

Por Gener Silva,
conselheiro especial da Revista UFO

O que aconteceu nessas últimas três décadas de cobertura da Ufologia Brasileira e Mundial pela Revista UFO? Quais foram os principais casos ufológicos registrados, investigados e divulgados pela publicação? São tantas as suas realizações, nas mais variadas vertentes do assunto, que é praticamente impossível fazer uma sinopse que sintetize tantos acontecimentos registrados pela UFO. Há 30 anos a Ufologia Brasileira, então em fase de construção histórica, vem dando lugar ao arcabouço de uma sólida estrutura organizacional, com o enorme impulso proporcionado por este veículo.

Com forte inspiração vocacional, o então jovem ufólogo e professor de química Ademar José Gevaerd fundou, ainda no começo dos anos 80, o Centro Brasileiro de Pesquisas de Discos Voadores (CBPDV), hoje a maior entidade do gênero no mundo, com milhares de associados. Incansável, poucos anos depois Gevaerd criaria a revista Ufologia Nacional & Internacional, que logo seria transformada na UFO que hoje conhecemos. Desde sua primeira edição até hoje, mais de 200 números depois, esta é a publicação mais antiga do mundo sobre o tema com circulação regular em bancas — em lugar algum do planeta outra revista conseguiu alcançar tamanha longevidade.

UFO não visa divulgar somente o que ocorre em nosso país, mas também está sempre atenta à atualidade da ação extraterrestre no exterior e à casuística global, publicando a respeito primorosas entrevistas e reportagens de grande repercussão, a exemplo da que tratou do Caso Varginha, de 1996, considerado um dos mais sensacionais dos últimos tempos — e que foi inteiramente acompanhado pela revista. Além disso, a profusão de artigos de autoria de grandes expoentes da Ufologia fez com que a UFO se tornasse uma das mais preciosas fontes de consulta, estudo e pesquisa sobre a ação na Terra de outras espécies cósmicas. Seus artigos são caracterizados por conter opiniões abalizadas, equilibradas e experientes, direcionadas a todos os interessados, tanto ufólogos quanto ufófilos e público geral, chegando a ser de utilidade ímpar até mesmo aos veteranos mais consagrados.

Sua exemplar dinâmica no acompanhamento imediato de tudo o que ocorre no país e no mundo tem respaldo no expressivo e significativo número de colaboradores que agrega, cuja presença é sempre constante no anverso de sua última capa, onde todos são nominados — aquele é um conjunto de talentos com mais de 300 expertises voltados à Ufologia e que impressiona, sobretudo, pela qualidade de seus trabalhos.


Enquanto divulgadora permanente e institucional da Ufologia, a Revista UFO exercita papel extremamente ativo para o seu desenvolvimento, proporcionando a democratização dos atuais conhecimentos relativos à presença alienígena na Terra

UFO também mantém intercâmbio de altíssima sinergia com seus leitores. Considerada uma publicação moderna, interativa e atual, por meio de seu Conselho Editorial ela se notabiliza pela constância e permanência das características que enaltecem um veículo de comunicação, ou seja, um conteúdo cuidadoso, objetividade nas análises e coerência interna. Paralelamente a isso a publicação também realiza, com grande frequência, eventos ufológicos em todo o Brasil, como o Fórum Mundial de Ufologia e o Fórum Mundial de Contatados, para que seus leitores possam dar um mergulho ainda maior na temática e estabelecer contato mais próximo com os autores dos textos que tanto apreciam.

Com eventos cada vez maiores, mais concorridos e mais bem organizados, o público pode acompanhar praticamente tudo que se passa dentro da temática ufológica de forma concreta — um apoio é imprescindível, precioso e necessário. Para se ter uma ideia da importância e da regularidade de seus eventos, desde suas primeiras edições a UFO anunciava congressos em várias partes do Brasil, da América do Sul e Europa, especialmente por tomar parte de vários deles, para os quais levou informações da casuística ufológica nacional.

Enquanto divulgadora permanente e institucional da Ufologia, a publicação exercita papel extremamente ativo para o seu desenvolvimento. Isso é algo que se pôde ver com peculiar destaque na quarta edição do Fórum Mundial de Ufologia, ocorrido em dezembro de 2012 em Foz do Iguaçu, que levou a marca registrada do editor Gevaerd, seu realizador coordenador. Enfim, nessas longas três décadas de publicação ininterrupta, graças à sua profícua e perseverante qualidade, é possível estimar a valiosa e positiva contribuição que as edições e eventos da Revista UFO têm proporcionado à sociedade brasileira e mundial, especialmente no que se refere à democratização dos atuais conhecimentos relativos à presença alienígena na Terra.


Grande Ofertas Exclusivas da Revista UFO