CAPA

Não é somente aqui na Terra

Revista UFO | Edição 212 | 01 de Junho de 2014

SHARE

MUNDO UFOLÓGICO

Fatos da Ufologia Brasileira e Mundial

UFO visto durante jogo de futebol em 1982 é tema de documentário

crédito: Diário da Serra
O Caso Morenão teve o maior número de testemunhas de uma só vez
O Caso Morenão teve o maior número de testemunhas de uma só vez

Em 06 de março de 1982, no Estádio Morenão, em Campo Grande, o time local Operário venceu o carioca Vasco por 2 a 0. Contudo, aquela noite é lembrada até hoje na cidade por outro motivo. No primeiro tempo, um objeto luminoso sobrevoou o estádio diante de milhares de testemunhas, entrando para a história da Ufologia como um dos maiores avistamentos coletivos de todos os tempos. A súmula da partida registra a presença naquela noite de 24.575 pessoas nas arquibancadas. Outras testemunhas distantes do estádio também viram o UFO, fazendo com que Campo Grande e o estado ficassem conhecidos como locais endêmicos de aparições.

O caso tem importância fundamental para a Ufologia Brasileira, pois levou o então professor de química de Maringá A. J. Gevaerd a mudar-se para Campo Grande a fim de investigar essa e outras ocorrências, divulgando a pesquisa ufológica e criando várias publicações dedicadas ao assunto, que culminaram na Revista UFO. O Caso Morenão, como ficou conhecido na Ufologia, motivou a realização do documentário O Que Era Aquilo?, da produtora Magnéttico. O filme apresenta entrevistas com testemunhas daquela noite e do próprio Gevaerd, além de traçar um panorama sobre a decadência do futebol sul-mato-grossense. Pode ser assistido no site da produtora, no endereço www.magnettico.com.br. “Praticamente todos os presentes ao estádio naquela noite foram testemunhas do UFO que o sobrevoou”, disse Gevaerd no documentário, que pesquisou o caso.

Bill Clinton fala sobre Área 51 e extraterrestres

crédito: ONU

Em recente entrevista ao programa Jimmy Kimmel Live, da rede norte-americana ABC, o ex-presidente Bill Clinton afirmou que em seu segundo mandato [Ele governou os Estados Unidos entre 1993 e 2001 como seu 42º presidente] teve acesso a documentos a respeito do Caso Roswell, acontecido em julho de 1947, alegando não ter encontrado evidências de extraterrestres. Foi no mesmo período, quando o incidente completou 50 anos, em 1997, que a Força Aérea Norte-Americana (USAF) publicou o infame relatório Caso Encerrado, apresentando explicações no mínimo discutíveis para o mistério. Clinton também fez comentários sobre a Área 51, onde aeronaves como o U-2, SR-71, o F-117 e o B-2 foram desenvolvidos. O ex-presidente declarou-se favorável à existência de vida inteligente extraterrestre. Comentou também que cerca de 20 exoplanetas já descobertos são propícios à vida como conhecemos, e que, se fôssemos visitados por ETs, isso não representaria surpresa para ele. Finalmente, reproduziu a famosa declaração de Ronald Reagan na ONU: “Nossas diferenças rapidamente se mostrariam pouco importantes se nos víssemos diante de uma ameaça vinda de fora do planeta”.

Aproximação com Marte causa boatos de fim do mundo

crédito: JPL
O planeta parece exercer forte fascínio e influência no comportamento dos seus vizinhos terráqueos
O planeta parece exercer forte fascínio e influência no comportamento dos seus vizinhos terráqueos

Já se tornou repetitivo: a cada evento astronômico mais significativo, irresponsáveis e mistificadores se lançam à boataria do fim do mundo. Desta vez foi motivada pela coincidência da aproximação de Marte, que em 14 de abril último ficou a 92 milhões de quilômetros da Terra. Alguns dias antes, o Marte e o Sol ficaram em oposição em relação a nosso planeta. A aproximação a cada 26 meses favorece lançamentos espaciais e duas sondas, a norte-americana Maven [Sigla em inglês de Evolução Volátil da Atmosfera Marciana] e a indiana Mangalyaan, seguem para a órbita do Planeta Vermelho respectivamente em novembro e setembro próximos.

“Lua de Sangue” também causa comoção

Mais impressionante é o fenômeno pobremente chamado de Lua de Sangue, ou Bloody Moon. Por efeito atmosférico, nosso satélite está disposto na umbra, o ponto central e mais escuro da sombra terrestre, quando se apresenta com superfície avermelhada. O fenômeno, chamado tétrade, será uma sequência de quatro eclipses lunares iniciadas em 15 de abril e indo até 28 de setembro. No passado, as crendices associadas à cor vermelha da Lua causavam interpretações de significar o fim do mundo ou uma época de calamidades. É a segunda vez que acontece uma tétrade neste século (outras sete ainda devem ocorrer). A primeira se deu entre 2003 e 2004 e evidentemente nada fora do comum ocorreu. O acontecimento não deve ser encarado com base em crendices sem fundamento ou alertas irresponsáveis, e sim como um fenômeno natural.

Documentário trata de falso pouso de UFO em 1980

Casimiro de Abreu, pequena cidade no interior do Rio de Janeiro, foi invadida por milhares de pessoas nos dias anteriores a 08 de março de 1980. Todos foram atraídos pelo alerta do alegado contatado Edílcio Barbosa, que afirmava ser esse o dia da chegada de alienígenas de Júpiter à Terra. Grandes veículos, como o jornal Folha de S. Paulo e a Rede Globo, deram grande destaque ao evento, porém evidentemente nada aconteceu. Barbosa fugiu da cidade pouco antes da hora marcada, vindo a falecer meses depois. Para rememorar os fatos, foi produzido o documentário em curta metragem Efeito Casimiro, da diretora Clarice Saliby, da produtora Cinema em Dia. O filme foi exibido nos Estados Unidos, Índia, Irlanda, Chile e Argentina, e foi eleito o melhor documentário em novembro de 2013, no Festcineamazônia, o Festival Latino Americano de Cinema Ambiental. O curta pode ser assistido no Youtube.

Lua de Saturno tem oceano que pode abrigar vida

crédito: NASA

Em 2005, a nave norte-americana Cassini, orbitando Saturno desde 2004, descobriu gêiseres no polo sul de Encélado, lua de 504 km de diâmetro. Em visitas subsequentes ao satélite, a sonda identificou com seus instrumentos a presença, nos jatos de água, sais e compostos orgânicos, indicando esse pequeno mundo como candidato a abrigar vida extraterrestre. Em abril passado foi publicado no periódico Science um artigo comprovando a existência de um oceano oculto sob a superfície de Encélado, estendendo-se do polo ao equador em uma superfície equivalente ao Lado Superior, na América do Norte, que tem quase 128.000 km2. A equipe responsável pela descoberta fez a estimativa com base em variações na velocidade da Cassini graças às diferenças no campo gravitacional da lua, medidas pelas antenas da NASA. Os cientistas afirmam que esse oceano está em contato com rochas abaixo, podendo ali acontecer complexas reações químicas e onde seres vivos podem existir. Já se comenta a possibilidade de enviar sondas mais bem equipadas para lá, inclusive com mecanismos para voar nos jatos dos gêiseres e obter amostras a serem analisadas.


Grande Ofertas Exclusivas da Revista UFO