Renato A. Azevedo

Renato A. Azevedo, editor convidado desta edição de UFO Especial, é engenheiro, escritor e jornalista. É autor dos livros virtuais – e-books – Contato em Methárion, Inimigo Interior e Lembranças, todos disponíveis na editora virtual Hotbook [www.hotbook.com.br]. Neles desenvolve uma temática inspirada pelas visitas alienígenas no passado da Terra. É de sua autoria também o conto de ficção Zé da Pinga, publicado na edição 62 da revista Scifi News [www.scifinews.com.br], que pode ser lido na seção Literatura do site.

No mesmo universo em que esta narrativa é ambientada, Azevedo escreveu vários livros ainda inéditos e outros contos, sempre do mesmo gênero e publicados em seu blog [http://escritorcomr.blog.uol.com.br]. Entre essas histórias encontram-se Brasilis 2027, A Rocha Natalina, O Caso Guabiraba, O Dossiê, Irmãos e O Dia em que o Brasil Parou. Diferente dos e-books anteriormente citados, o último texto traz um pano de fundo mais próximo da realidade brasileira, onde freqüentemente são citados a Operação Prato, o Caso Varginha e outros famosos fatos da casuística ufológica nacional.

Azevedo é ainda colunista da Scifi News desde 2001, onde manteve a coluna Espaço Ovni, que em novembro de 2004 cedeu espaço à página Quem Conta um Conto, na qual o autor desenvolve uma série de histórias intitulada A Lista. Faz parte do Conselho Editorial da Revista UFO desde dezembro de 2000, tendo já publicado artigos sobre mapas antigos, as séries Taken, The 4400 e Arquivo-X.

Artigos
Notícias
Entrevistas

Ação de UFOs sobre bases de mísseis nucleares é um perigo à humanidade

Parece ser o objetivo de nossos misteriosos visitantes acompanhar de maneira muito próxima não somente nossos conflitos militares, mas também, e especialmente, o desenvolvimento dos mais avançados tipos de arsenais terrestres de destruição em massa.

Por Renato A. Azevedo | Edição 219 | 01 de Janeiro de 2015

Agências internacionais de inteligência manipulam a realidade ufológica

Entre a crença e o ceticismo quanto aos UFOs, o ex-diretor internacional da maior entidade ufológica do mundo reprova investigações que não se pautam no método científico e afirma que os governos encobrem manifestações ufológicas com campanhas de desinformação

Por Renato A. Azevedo | Edição 191 | 01 de Agosto de 2012