A. J. Gevaerd

A. J. Gevaerd nasceu em Maringá (PR), em 1962, e foi professor de química até 1986, quando abandonou a profissão para se dedicar exclusivamente à Ufologia. Em 1983, fundou o Centro Brasileiro de Pesquisas de Discos Voadores (CBPDV), a maior entidade do gênero em todo o mundo, com mais de 3.000 associados. Em 1985, Gevaerd fundou a Revista UFO, única publicação sobre Ufologia no país, com 25 anos de existência, e a mais antiga em circulação em todo o mundo. O editor interessou-se por Ufologia ainda muito jovem, com 11 anos, ouvindo histórias de observação de naves e contatos com seres extraterrestres, e começou suas atividades na Ufologia imediatamente, fazendo suas primeiras investigações e vigílias. Fez sua primeira palestra sobre UFOs no colégio em que estudava, aos 15 anos, e de lá para cá realizou mais de 2.000 em todo o Brasil. A partir de 1989, começou a se apresentar também no exterior, tendo realizado pesquisas e mais de 600 palestras em 54 países. É diretor no país, desde 1986, da Mutual UFO Network (MUFON), e, desde 1991, do Annual International UFO Congress, um dos eventos de Ufologia mais concorridos da atualidade. Foi um dos idealizadores da campanha pioneira UFOs: Liberdade de Informação Já, lançada em 2004 pela Comissão Brasileira de Ufólogos (CBU), da qual é coordenador. O pesquisador tem participação ativa em praticamente todos os círculos mundiais onde o Fenômeno UFO é tratado com seriedade, participando de eventos, debates, programas, campanhas etc.

Artigos
Notícias
Entrevistas

É preciso entender o Fenômeno UFO em seu conjunto de manifestações

As manifestações ufológicas estão interligadas mesmo nos seus aspectos aparentemente mais desconexos. A busca do entendimento da ação de aliens na Terra, como os avistamentos de suas naves e contatos com seus tripulantes, deve ser feita levando-se em consideração todos os níveis do fenômeno.

Por A. J. Gevaerd | Edição 203 | 01 de Agosto de 2013

Fomos feitos à imagem e semelhança de visitantes extraterrestres

A Ufoarqueologia nos abre um universo que, embora novo em termos de informação histórica, intriga milhões de pessoas. Por que tanta gente sente que tais dados são verdadeiros? Haveria dentro de nós a lembrança ancestral de que somos fruto de uma intervenção alien?

Por A. J. Gevaerd | Edição 232 | 01 de Março de 2016

A ancestral ligação dos povos andinos com visitantes extraterrestres

Repleto de lendas inspiradas por deuses que vieram dos céus, o Peru é uma terra mágica. Porém, quando a invasão do país por UFOs colocou as autoridades em alerta, a Força Aérea decidiu empregar seus oficiais para investigar os eventos.

Por A. J. Gevaerd | Edição 213 | 01 de Julho de 2014

Um brasileiro amigo de extraterrestres

Com mais de 90 anos, Dino ainda lembra com espantosa lucidez os encontros que teve com seres de planetas mais avançados, numa experiência que ficou conhecida e admirada mundialmente

Por A. J. Gevaerd | Edição 46 | 01 de Outubro de 1996

Larry Fawcett, o homem que processou os Estados Unidos

É conhecido o fato de que o assunto dos Discos Voadores é considerado, pela maioria dos países do mundo, como matéria de segurança nacional. Nos Estados Unidos, por exemplo, há até uma política estabelecida pelo Governo há 40 anos, dedicada a desacreditar publicamente o assunto e, mais que isso, negar sua existência material

Por A. J. Gevaerd | Edição 6 | 01 de Novembro de 1988

Major Colan Vonkeviczky, articulador da \'Ufologia Política\'

Um dos setores da pesquisa ufológica que mais se manteve em atividade não é a casuística, como se pensa, mas sim a

Por A. J. Gevaerd | Edição 3 | 01 de Maio de 1988

Pioneira da Ufologia Brasileira

Uma conversa franca com uma das primeiras pesquisadoras de discos voadores no Brasil, sobre o início de sua carreira, suas primeiras dificuldades, suas primeiras conquistas e sobre a situação da Ufologia no Brasil e em todo o mundo

Por A. J. Gevaerd | Edição 2 | 01 de Abril de 1988